Biodinâmica

A Biodinâmica é, historicamente o primeiro movimento organizado de Agricultura Biológica. Surgiu em 1924, a partir de um curso dado por Rudolf Steiner a agricultores.

Nos tempos presentes, há um ponto de vista materialista saído das Ciências Naturais que tem como base um princípio de evolução que afirma que um determinado estado evolutivo se desenvolve a partir de um outro, inferior, por competição e selecção.

Em Antroposofia, desenvolvida por Rudolf Steiner, o ponto de partida pode ser encontrado na Ciência Espiritual pois aí o princípio evolucionário afirma que no progresso do princípio evolucionário, o físico foi capaz de incorporar a seu tempo, seres superiores como o Homem e os animais. A encarnação de seres superiores, mais antigos, é o mais recente passo na evolução do mundo.

jardimA agricultura é a expressão de um encontro formador activo entre a Humanidade e o mundo natural. A forma da paisagem é determinada pelas necessidades das pessoas que vivem juntas num determinado local numa determinada cultura. Os produtos que a agricultura produz, têm que “falar” ao ser humano de modo a poderem verdadeiramente nutri-lo. O gado bovino, com a resultante produção de estrume, foi sempre e ainda é a base para a produção agrária. A pecuária requer pasto, o gado bovino em particular, o que é um factor importante a considerar no estabelecimento das rotações de culturas. A produção vegetal deve ser determinada pelas necessidades das pessoas e dos animais e requer uma abordagem conscienciosa do cuidar do solo. Uma gestão apropriada tem em conta as necessidades das plantas, dos animais e dos seres humanos.

O objectivo principal é praticar agricultura de tal maneira que o estruturar a exploração numa unidade integrada resulte em produtividade e saúde e que tudo o que seja necessário para a produção provenha da própria exploração.

O trabalho em Biodinâmica requer uma forte ligação com a natureza essencial do método Biodinâmico, os seus princípios e fins. Para tal, torna-se necessário viver os processos naturais usando observação, pensamento e percepção. Um aprofundar da compreensão das ligações na natureza, baseada em conhecimento, pode ser ganha por perseverança. O trabalho corporativo das várias associações de consultadoria, acontecimentos públicos, livros e revistas, são todos fontes importantes de ajuda e apoio.

Finalmente, é importante que cada agricultor cresça para agir responsavelmente a partir dos seus próprios conhecimentos. Cada indivíduo deve agradecer à grande actividade Biodinâmica

pela sua existência e sucesso e cada acto local, mesmo que não visível, engrandece a comunidade geral.

O corpo de conhecimentos que é a base da agricultura Biodinâmica, naquilo que se estende para além da experiência prática e científica, deriva do “Curso aos Agricutores” dado por Rudolf Steiner em 1924 e do contexto espiritual da Antroposofia dentro do qual esse curso foi dado.


 PRINCÍPIOS

A prática da Biodinâmica constitui uma via de reposição dos equilíbrios ecológicos, de melhoramento da saúde dos solos e plantas, de incrementação do nível energético dos alimentos, mas é sobretudo uma via de desenvolvimento interior para quem a pratica.

A prática consciente da Biodinâmica proporcionará experiências novas que resultam das interacções entre os reinos mineral, vegetal e animal. Essas experiências sentidas no íntimo de cada um, constituem um tesouro incomparável para o desenvolvimento da Humanidade.

No seu “Curso aos Agricultores”, em 1924, Rudolf Steiner desenvolveu o conceito de que uma exploração, uma quinta, deve ser encarada como um organismo em si e pode ser estruturada de modo a se aproximar o mais possível de ser uma Individualidade agrícola autónoma.

Esta deve ter em si tudo o que necessita para a sua própria manutenção. O solo, a vida do solo, os reinos vegetal e animal dependem intimamente uns dos outros. Uma rotação de culturas diversificada, fertilizantes biológicos equilibrados, uma pecuária apropriada, com alimentação proveniente da própria quinta e a inclusão da paisagem circundante no equilíbrio ecológico da quinta, providenciam uma base para que a humanidade possa intensificar os ciclos naturais e aumentar a actividade biológica de plantas e animais.

Na introdução do caderno de encargos de produção da Demeter, lemos: Um organismo é uma forma de vida superior que só pode ser entendido dinamicamente. Vida significa mudança, transformação constante e inevitável. Tudo está relacionado com tudo e cada unidade funciona de tal modo que serve o bem estar do todo. A Vida tem origem espiritual e é suportada pelo Espírito. Os constituintes materiais por si sós não podem determinar a Vida. Forças e interacções, o ambiente e o Cosmos reflectem-se no trabalho do agricultor segundo as suas leis e ritmos.

Para a integração harmoniosa da actividade agrícola na grande actividade da Natureza, a Biodinâmica defende a aplicação de cinco princípios básicos:

  •  A estruturação de uma quinta como uma individualidade
  •  Uma fertilização feita prioritariamente por composto biodinâmico
  •  A aplicação regular dos preparados biodinâmicos
  •  A não utilização de produtos agrotóxicos nem de OGM’s
  •  A produção de alimentos de alta qualidade nutritiva

A prática da Biodinâmica só traz resultados efectivos se se apoiar numa gestão agronómica e biológica correcta. Em particular, a aplicação dos preparados Biodinâmicos nunca deve estar separada do uso das boas práticas agronómicas:

  •  Uma boa gestão da matéria orgânica e dos compostos
  •  Um trabalho do solo com equipamento apropriado
  •  Rotações longas e diversificadas
  •  O uso de sementes e plantas apropriadas
  •  Uma cobertura do solo adequada
  •  A utilização de adubos verdes complexos e de prados

Em explorações de pequena dimensão de hortícolas e em pomares ou vinhas, exceptuam-se algumas das exigências acima apresentadas.


 O Impulso de Steiner na Agricultura

O projecto agrícola Dottenfelderhof na Alemanha, é um bom exemplo de uma exploração biodinâmica: venda directa de produtos na quinta, padaria, produção de leite e produtos lácteos, estábulos para vacas, porcos e galinhas; há também pomares e horta e até áreas experimentais para pesquisa em Biodinâmica. Na exploração vivem 90 pessoas. Dietrich Bauer, um membro fundador desta comunidade agrária, diz: “estudantes, estagiários, aprendizes e suas famílias – muitos dos quais vivem sob o mesmo tecto – estão activos numa área particular. Um cozinha pão, outro cuida dos animais; as tarefas estão todas interrelacionadas e são todas comutáveis. Há igualmente seminários regulares em formação biodinâmica”.

Quais são as ideias fundamentais que estão por detrás deste tipo de agricultura? Peter Schaumberger da Comissão executiva da Demeter – Alemanha e membro da Demeter Internacional explica: “A agricultura biodinâmica baseia-se na compreensão de que solo, planta, animal e homem trabalham conjuntamente numa unidade agrícola. Os fundamentos espirituais estão contidos no curso aos agricultores de Rudolf Steiner. Os métodos práticos envolvem praticar não só uma agricultura biológica mas também usar os preparados biodinâmicos que ele descreveu e tomar em conta as influências cósmicas”. O termo “biológico” implica que as leis naturais são reconhecidas e seguidas tanto quanto possível; por exemplo, escolher vegetais e frutas bem adaptados ao clima e tipo de solo da exploração. Uma das ideias básicas de Rudolf Steiner é a de que uma exploração pode se encarada como um organismo autónomo. Em termos práticos isto significa que todos os fertilizantes e forragens para o gado que esta necessita, devem provir, tanto quanto possível, da própria exploração. Daqui resulta que o número de animais que podem ser aí mantidos está limitado à quantidade de forragens que a exploração pode produzir. Todas as áreas de actividade da quinta como a produção agrária e o maneio animal estão interrelacionados. Contudo a maioria das hortas Demeter não têm animais. O Dr. Peter Schaumberger explica: “ O uso intensivo de composto pode substituir a existência de animais. Também é possível o hortelão implementar as indicações de Rudolf Steiner e conseguir cumprir uma parte do organismo agrícola arquetípico. No entanto, para obter a certificação Demeter, há um mínimo de requisitos que têm de ser cumpridos”. Cuidados especiais devem ser prestados ao solo. Steiner referiu-se a ele como um órgão vivo da individualidade agrícola Tem de ser mantido num estado vital e fértil usando materiais vivos incluindo composto e fertilizantes naturais. Um sistema de rotações bem planeado, controle de infestantes mecânico e métodos fitossanitários ecológicos. Neste aspecto as explorações Demeter são semelhantes a outras biológicas. O Caderno de Encargos da Demeter cumpre os requisitos mínimos para certificação biológica definidos no regulamento europeu. Perguntámos ao Dr. Wolfgang Schaumann, veterinário, sobre os fundamentos das ideias de Rudolf Steiner.“Steiner viu princípios espirituais trabalhando por detrás dos fenómenos visíveis; existem relações invisíveis por exemplo entre os elementos químicos e os princípios vitais. Assim o carbono é o portador dos processos formadores no organismo, o oxigénio o portador da vida e o azoto o portador da consciência e alma. Sem oxigénio não há vida, sem azoto não há sensibilidade ou vida interior ou alma – uma fórmula muito simples!”

Os preparados biodinâmicos classificam-se em duas categorias: Os preparados de campo e os preparados do composto.

preparadosilicaOs preparados de campo destinam-se a dinamizar e regular todos os processos biológicos do solo e das plantas, favorecendo a sua alimentação e desenvolvimento saudável.

O preparado de bosta de vaca regulariza os processos biológicos do solo e incrementa o crescimento radicular e vegetativo das plantas. O preparado de sílica melhora a fotossíntese, os aromas, a cor e a qualidade alimentar das plantas.


 As forças cósmicas

A parte dinâmica do método biodinâmico chama a atenção para o efeito de forças cósmicas no crescimento das plantas. Wolfganag Schaumann outra vez: “ A Terra está imersa nas esferas planetárias do nosso sistema solar e as forças planetárias marcam, por exemplo, a morfologia das plantas.” Os praticantes biodinâmicos usam este conhecimento, observando as forças activas em cada momento e escolhendo a altura mais favorável (se o tempo e as condições meteorológicas permitirem) para semear, cultivar ou colher. Estes efeitos cósmicos foram investigados por, entre outros, Maria Thun e o Dr. Hartmut Spiess (este último é membro do Instituto para a Pesquisa Biodinâmica na Alemanha).lua   Os planetas também imprimem os seus efeitos nos metais, nas rochas, nas plantas nos animais e nos homens (estas são as chamadas influências astrais, do nome grego “aster” que significa astro). Assim como a luz do Sol contribui para o crescimento das plantas e a Lua afecta o conteúdo aquoso do organismo, também os planetas influenciam tudo o que é vivo. Desde tempos remotos estão divididos em duas categorias: os planetas interiores (Lua, Mercúrio e Vénus) cuja órbita é inferior à da Terra e os planetas exteriores (Marte, Júpiter e Saturno) cuja órbita é superior à da Terra. Os planetas interiores trabalham directamente via atmosfera ou indirectamente via água, húmus consteou cálcio (calcário, potássio e sódio) no crescimento das plantas. As influências de Marte, Júpiter e Saturno são canalizadas através do calor e da sílica (quartzo, Feldspato, Mica e Horneblenda); elas fluem através da sílica contida no solo, sobem na planta e exprimem-se nas cores das flores, na formação do fruto e na produção de sementes. Contribuem também para uma melhor estruturação das formas e influenciam o desenvolvimento da madeira e partes lenhosas das plantas. O uso do preparado de bosta de vaca e do preparado de sílica é uma extensão prática destas ideias. A sua acção pode ser comparada à homeopatia. Actuam tanto nas plantas como nos processos metabólicos do solo através de um processo de libertação de energias numa diluição de alta potência. Os preparados desenvolvidos por Rudolf Steiner não estão baseadquartzos na sabedoria agrícola tradicional. Têm origem nas recomendações de Rudolf Steiner. Wolfgang Schaumann mais uma vez: “Steiner tinha o dom de visão no mundo super sensível; ele estava consciente das realidades que existem para além da percepção sensível humana e tentou canalizá-las para as pessoas através de comparações verbais e pictóricas. Esta a origem das recomendações sobre os preparados; vêm de um reino não directamente acessível a qualquer um. Os agricultores experienciam os efeitos; os cientistas de organizações como o Instituto para a Pesquisa Biodinâmica deram-lhe uma fundação sólida ao provarem muitos destes efeitos.


 Alimento para o espírito

Os métodos utilizados pelos pesquisadores com orientação antroposófica para determinar a qualidade dos produtos biodinâmicos incluem os chamados métodos de formação de imagens tais como as cristalizações sensíveis, desenvolvidas por Ehrenfried Pfeiffer. Leite, plantas ou extracto de ervas diluídos em cloreto de cobre são colocados num prato de vidro e deixa-se a solução cristalizar. Cada solução, ao cristalizar desenvolve uma forma característica. Estas formas com raios e estrelas podem então ser comparadas com as formas produzidas por outras soluções.

Usando esta técnica, é possível distinguir as diferenças entre por exemplo, leite cru, homogeneizado e pasteurizado, apesar dos deus constituintes químicos serem os mesmos. Diferenças semelhantes podem ser observadas entre soluções de produtos biodinâmicos e produtos convencionais. Estão a ser desenvolvidos esforços para que estas ligações invisíveis possam constituir prova oficial dos nossos conhecimentos. Dietrich Bauer, de Dottenfelderhoff diz o seguinte: “O agricultor experiencia o mundo vivo e estimula o organismo agrícola para o tornar aberto e receptivo às influências cósmicas. Com o fabrico, dinamização e aplicação dos preparados biodinâmicos, ele consegue estabelecer uma ligação anímica com o solo, a planta e o treeanimal. Tudo isto produz um efeito na qualidade dos produtos.”Embora seja necessário reflectir consideravelmente sobre esta abordagem da agricultura, os consumidores biológicos e holísticos não têm parado de procurar os produtos biodinâmicos. Talvez que as ideias de Steiner estejam a dar fruto. Uma destas ideias defende que os produtos biodinâmicos não só alimentam o corpo físico como também contribuem para o bem estar espiritual.

Katharina Schaarsschm